Blog

Pelinha anal: como é a cirurgia para sua retirada?

Pelinha anal: como é a cirurgia para sua retirada?

O que é Pelinha Anal?

Tecnicamente chamada de plicoma, a pelinha anal é uma sobra de pele que pode surgir por diversos fatores, como doenças hemorroidárias, fissuras anais ou outros processos inflamatórios na região anal. É essencial entender a origem desse plicoma para escolher o tratamento cirúrgico mais adequado.

Determinando a Técnica Cirúrgica Apropriada

Antes de prosseguir com a cirurgia de remoção do plicoma, é crucial investigar a causa de seu surgimento. Por exemplo, se o plicoma está associado a uma doença hemorroidária, a remoção isolada do plicoma pode não ser suficiente, pois o problema pode recidivar após uma crise hemorroidária. Similarmente, se uma fissura anal não for adequadamente tratada, o plicoma pode se formar novamente.

Abordagem Cirúrgica para Plicomas Simples

Para casos em que o plicoma não está associado a outros problemas, o procedimento é relativamente simples, inclusive sendo possível a realização no consultório utilizando laser de CO2. Esta técnica reduz significativamente a agressão aos tecidos, o desconforto pós-operatório, o risco de inflamação, edema  e a formação de novos plicomas.

Hemorroidectomia e Plicomectomia

Quando o plicoma está associado a hemorroidas, o planejamento cirúrgico inclui tanto a hemorroidectomia (remoção das hemorroidas) quanto a plicomectomia (remoção do plicoma). Isso assegura que tratamos não apenas o sintoma mas também a causa subjacente, prevenindo recidivas.

Benefícios da Cirurgia de Plicoma com Laser

A cirurgia de remoção de plicoma com laser é um procedimento simples, realizado em consultório, que não exige repouso ou afastamento das atividades diárias. Além disso, oferece uma recuperação rápida e resultados estéticos excelentes.

Conclusão

Se você conhece alguém que possa estar enfrentando este problema, compartilhe este vídeo. É importante desmistificar que a cirurgia de plicoma é tão complexa quanto uma cirurgia de hemorroidas; na verdade, ela é muito mais simples e com uma excelente recuperação. Mantenha-se informado e consulte sempre um proctologista experiente para discutir as melhores opções de tratamento para sua situação específica.Sou Dra. Clarisse Casali, especialista em Coloproctologia. Se você tem interesse nesses assuntos de Colonoscopia, saúde do intestino, anus, doença hemorroidária, problemas de fissura, fístula, acompanhe as atualizações do meu blog e do meu canal do Youtube, onde já discuto temas relacionados. Fique à vontade para conferir!

compartilhe​

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *